17 dezembro, 2009

...Desejos Vãos...

Pois é, estive estes dias a preparar-me para muita coisa, primeiro tenho andado em ensaios com a minha maravilhosa AnimaTuna de Lisboa, porque amanhã vamos ter a actuação de Natal para a malta da minha antiga escola (IDS). E fico sempre ligeiramente nervoso, porque actuar para as pessoas que já nos conhecem e sempre nos ouviram e apoiaram, é de uma responsabilidade enorme, mais que não seja por ser um dos solistas a cantar os fados da grande Amália Rodrigues.
A minha mãe como devem calcular está ligeiramente mais calma o que é muito estranho, para além de não me chatear a cabeça, deixou de fazer perguntas estúpidas, acho que é da época natalícia. A minha irmã de 15 anos (que ainda é virgem, mas de parva não têm nada), actualmente tornou-se a minha confidente e eu o dela, falamos de sexo, homossexualidade e questões ligadas a relações o mais abertamente possível.
Para além disto tudo tenho a declarar-vos a minha ligeira rotina nestes últimos dois meses, saio na sexta e regresso na segunda a casa dos meus pais, por volta das 7h da manhã. Porquê? Por causa de quem?
Porque tenho um escape a toda a minha rotina diária e sempre me afasto dos meus pais (também desempregados, um mal actualmente comum em Portugal) e sempre tenho sexo aos mais variados níveis e possíveis fetiches... Por causa do meu "sex-buddy" que possui 38 anos de idade (sim é mais velho, eles fascinam-me), tem um corpo de modelo, dá umas tão bem dadas e recebe com todo o prazer desde que esteja para aí virado e acima de tudo mora na mesma zona que eu.
Contudo nas últimas semanas tenho estado ligeiramente confuso, porque as relações de amizade apesar de serem abertas e conterem sexo à mistura, estão a causar-me um sentimento estranho de atracção pelo meu "sex-buddy", já o confrontei com o possível desejo de estabelecer uma relação mais firme ao que ele me responde, "vamos ver até onde é isto vai dar...!". Se é o Amor a bater pela segunda vez à minha porta, vai ser fodido de o controlar, porque o sexo com ele está de a um nível de intensidade e intimidade únicos.

Agradeço a todos os que seguem este blogue e a todos os comentários deixados, lamento se não escrevo com a regularidade que vocês desejam...

1 comentário:

André disse...

É possível que entre homem e mulher haja essas coisas de "sex-buddy"? E há adolescentes que adotam esses sistemas?